sexta-feira, 24 de junho de 2016

Bichos da seda: projeto terminado

Hoje demos por encerrado o projeto Bichos da seda. Com as borboletas todas mortas fomos fazer o funeral. O interessante é que ao longo de vários anos ( turmas diferentes) escolhem sempre o mesmo lugar para enterrar as borboletas...

Colocamo-las numa caixinha...
 Escolhido o local, fizemos um buraco...
 Metemos lá a caixa...
 Tapamos...
 Até fizemos uma cruz...
 E colocamos uma flor...
 Aprendemos que os animais tal como as plantas e as  pessoas, nascem, crescem (cumprem a sua função) e depois morrem...E assim encerramos o ciclo de vida deste animal...
Ficam os filhos para dar continuidade à espécie..Guardamos os ovos para a próxima primavera...
E com os casulos...
Colocamos água muito quente, juntamos corante vermelho e verde...
 

Depois foi só... ir puxando o fio do casulo. O prof. Bruno deu-nos uma ajuda...

 

Enrolamos o fio e levamos para casa para oferecer à mãe... Não dá para um vestido, mas o que conta é a intenção...

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Estamos crescidos...alguns nem por isso...

Em fim de ano, estivemos a medir-nos para verificarmos o nosso crescimento ao longo deste ano letivo...


Cada um de nós, coloriu o espaço da régua de crescimento que subiu relativamente  ao inicio do ano...







Alguns amigos cresceram bastante, mas outros precisam de comer a sopa  com mais vontade, pois só cresceram um bocadinho.... muito pequenino.

terça-feira, 14 de junho de 2016

Finalmente nasceram...Bebés caracóis...

Hoje de manhã tivemos uma surpresa... o terrário estava cheio de caracóis bebés... vimos o buraco aberto( onde puseram os ovos)  e muitos caracóis minúsculos  clarinhos e quase transparentes...
Estivemos a observá-los...

Registamos...


Mas surgiu um problema... os caracóis  pequeninos estavam a sair pelos furos da rede... 
Como já estava decidido há muito, que quando conhecêssemos todo o processo de crescimento e reprodução dos caracóis, os iríamos libertar, resolvemos fazê-lo hoje mesmo, pois tivemos receio que os pequeninos saíssem , fossem calcados  e nós nem dávamos conta...
o Pedro, um grande conhecedor e amigo dos animais foi quem transportou o terrário para o nosso recreio. Lá colocamos o terrário, sem rede, junto aos agapantos onde andam muitos outros caracóis. aqui, eles irão de certo ter muitos amigos....
A caminho da liberdade
Amanhã vamos observar a caixa... com certeza já não os iremos encontrar lá... mas iremos vê-los várias vezes a passear nas folhas dos agapantos...

quinta-feira, 9 de junho de 2016

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Visita ... Museu dos descobrimentos ( Miragaia- Porto)

Muito animados, partimos...
Lanchamos...
Fomos recebidos pelo Infante D. Henrique
E começamos a visita...
Vimos e aprendemos coisas sobre  Caravelas....
Usamos os painéis interativos...
Gil Eanes e Infante D. Henrique
Estivemos dentro de uma caravela...
Vimos animais exóticos que os Portugueses descobriram na costa de África...
Pegamos numa espada...
Vimos uma armadura...
Vimos a sala onde as naus e caravelas eram feitas...
E iniciamos a nossa viagem  ao mundo dos descobrimentos...
Fomos «Comidos» pelo Adamastor...
Estivemos numa floresta tropical
Vimos as especiarias da índia...
Vimos Piratas...

Os nossos amigos também fizeram a viagem...
Foto de grupo em Miragaia ...( em frente ao Museu)
Almoço no parque da cidade ...
Hora do gelado...
Brincar às escondidas...
Regresso a casa...